Opção de hospedagem na Praia de Pirangi do Norte no litoral de Parnamirim/RN.

Em por Paulo Lopes
Atualizado em 10 de janeiro às 13:33


A praia de Pirangi é certamente uma das mais visitadas pelo natalense e turistas, tendo um dos carnavais mais agitados do Estado e sendo também o principal destino de veraneio dos potiguares e visitantes.
Caravelas Apart Hotel 08 11 16O Caravelas Apart Hotel está localizado em uma das principais praias do litoral potiguar, a 200 metros do mar, Pirangi do Norte se destaca entre as mais belas praias do Rio Grande do Norte.

O maior cajueiro do mundo um dos principais atrativos de Pirangi está a menos de 1 km do Caravelas Apart Hotel, para quem aprecia esportes como kite surf e Wind surf, a praia não deixam a desejar.

Maior Cajueiro II BLOG 13 05 15Maior Cajueiro do Mundo em Pirangi do Norte/Parnamirim/RN. Foto: Divulgação.

Com excelentes acomodações para você aproveitar esse paraíso. Dispondo de aconchegantes suítes com ar condicionado, chuveiro elétrico, frigobar e TV. Algumas destas possuem mini-cozinhas com fogão, geladeira e utensílios.

Tranquilidade e hospitalidade em ambiente familiar também faz toda a diferença. Um lugar perfeito para desfrutar junto de sua família. Oferecendo café da manhã completo com frutas tropicais e comida regional.

Caravelas Apart HotelESTE É O HOTEL QUE VOCÊ VAI SE HOSPEDAR!

Os quartos são amplos, possuem fino acabamento e foram projetados para receber ventilação constante. Assim você pode relaxar em seu apartamento curtindo a paisagem e sentindo a constante e agradável brisa do mar.
Caravelas Apart Hotel 3Para a sua diversão, a equipe de funcionários presta todas as informações para os melhores passeios e rotas turísticas, permitindo aos privilegiados hóspedes dias inesquecíveis junto deste paraíso encantador. Venha a Pirangi e encante-se com a beleza e o conforto do Caravelas Apart Hotel.
Internet Grátis WI-FI

APARTAMENTOS:
Apto. Suite para 2 pessoas:
Suite com cama, TV, ar-condicionado, frigobar, banheiro com chuveiro elétrico.
Apto. Kitnet para 4 pessoas:
Kit net com 01 quarto com ar-condicionado, sala com TV, banheiro com chuveiro elétrico, e cozinha americana com geladeira e fogão.
Apto. Kitnet para 6 pessoas:
Kit net com 02 quartos com ar-condicionado, sala com TV, banheiro com chuveiro elétrico, e cozinha americana com geladeira e fogão.
caravelas-mapa2Rua Wilson Santos, 230 Praia de Pirangi do Norte. Litoral de Parnamirim – RN
Fone:(84)3238-2900
contato@caravelasaparthotel.com


Projetos de até R$ 100 mil podem ser inscritos no Programa de Patrocínio Banco do Nordeste 2017

Em por Paulo Lopes
Atualizado em 10 de janeiro às 06:35


Projetos de cunho institucional ou mercadológico podem ser inscritos até 22 de janeiro no Programa de Patrocínios Banco do Nordeste 2017 em www.bnb.gov.br (no caminho Acesso à Informação/Licitações e Contratos/Patrocínios). As propostas devem ter valor máximo de R$ 100 mil, com previsão de realização de 10 de abril a 31 de dezembro deste ano.

Os projetos deverão ser desenvolvidos em algum dos nove estados do Nordeste ou ainda na região norte de Minas Gerais e do Espírito Santo, que compõem a área de atuação do Banco.
BNB BLOG 15 03 16Propostas de outros estados também podem concorrer, desde que apresentem justificativa de contribuição para geração de trabalho e renda e fortalecimento das cadeias produtivas do desenvolvimento da área de atuação do Banco do Nordeste.

O processo seletivo refere-se aos projetos de cunho institucional e mercadológico (como feiras, exposições, congressos, fóruns e seminários), não cabendo projetos culturais, visto que o Banco do Nordeste possui editais específicos para essa área.

As dúvidas sobre o programa de patrocínios poderão ser encaminhadas para a caixa institucional patrocinio@bnb.gov.br.


Plano busca reforçar imagem de Natal como destino turístico

Em por Paulo Lopes
Atualizado em 9 de janeiro às 17:57


Ações de marketing organizadas em conjunto com o MTur preveem a diversificação da oferta de atrativos da capital potiguar, a fim de minimizar efeitos da sazonalidade.

Natal BLOG 19 09 14Belezas naturais, aventura, artesanato, gastronomia e uma hospitalidade de tirar o chapéu. Estes e outros atributos fazem de Natal (RN) um dos pontos do Nordeste mais procurados por brasileiros e estrangeiros em temporadas de férias, especialmente no verão.

E para consolidar a capital como um dos melhores destinos da América do Sul, um plano de Marketing, elaborado por uma consultoria privada e acompanhado pelo Ministério do Turismo, prevê a diversificação e a promoção de atrativos locais.

Arquivo Natal IIForte dos Reis Magos em Natal/RN.Foto: Canindé Soares.

O objetivo é atingir mercados que se destacam na emissão de viajantes para a capital potiguar e também regiões com potencial neste sentido, contribuindo para reduzir efeitos da sazonalidade. O programa, que tem prazo de execução de cinco anos, busca otimizar a atuação dos setores público e privado para proporcionar ao visitante novas opções além das já consagradas sol e praia, que contemplem todos os perfis de turistas em diferentes épocas do ano.

O trabalho, essencial para períodos de baixa temporada, envolve o incentivo a eventos e a articulação com cidades vizinhas, como Tibau do Sul e Nísia Floresta, a fim de permitir a oferta conjugada de atrativos. O secretário de Turismo de Natal, Carlos Frederico Queiroz, elogia o apoio do MTur e aposta em avanços.

Conselho de Turismo Natal I BLOG 29 10 15Fred Queiroz,secretário de Turismo de Natal.Foto:Divulgação.

“O Ministério acompanhou todo o processo, validando o plano para que seja eficaz. O principal ponto é o aumento do fluxo turístico, com a indicação de mercados onde precisamos investir e a divulgação de nossas potencialidades na mídia”, explica.

O plano estabelece ações que garantam a presença de Natal nas principais feiras e eventos de turismo. Também é indicada a realização de famtours com agentes de viagens, de forma a estimular a comercialização do destino. O ministro do Turismo, Marx Beltrão, observa que o plano reforça a promoção de atrativos do Nordeste e ajuda a fortalecer o setor como importante atividade econômica.

04_10_16_posse_marx_beltrao_palacio_0402aMarx Beltrão,ministro do Turismo. Foto: Divulgação.

“Esse trabalho se soma aos nossos esforços para divulgar as riquezas do Nordeste e incentivar a procura de destinos, movimentando a economia. A região inclusive é tema de uma campanha publicitária do Ministério do Turismo, que, em breve, vai promover as belezas de todo o país”, adianta.

O plano abrange ainda a criação de uma marca turística oficial de Natal, maior presença em redes sociais e a atualização do seu portal promocional de turismo, além do desenvolvimento de um aplicativo sobre o destino.

Imagem de Natal BLOG 12 05 15Centro de Convenções de Natal/RN. Foto: Canindé Soares.

As ações de marketing integram o Plano de Desenvolvimento Integrado do Turismo Sustentável (PDITS) de Natal, financiado e validado pelo MTur. O documento define medidas como o aproveitamento do potencial náutico, a recuperação e a proteção do patrimônio cultural e natural e a capacitação profissional da cadeia turística.

A aprovação do PDITS permite à capital pleitear recursos públicos, a exemplo do Programa Regional de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur), para reforçar potencialidades e sua infraestrutura.

MTur.


Dia 12 o Movimento Grandes Carnavais faz festa pra lua com frevo, samba e reggae em Pirangi

Em por Paulo Lopes
Atualizado em 6 de janeiro às 13:25


“Lual, verão e carnaval”, a combinação de três elementos da estação de férias estará presente no Lual do Movimento Cultural Grandes Carnavais, na quinta-feira (12 de janeiro), na Mansão da Prainha em Pirangi, a praia mais badalada do litoral potiguar.
thumbnail_banner-lual-do-movimento-cultural-grandes-carnavais-1Serão três eventos em um: Concentração às 17h na barraca do Duca (beira-mar) para curtir a lua surgir no horizonte para por volta das 19h seguir pela praia ao som da Orquestra de Frevo do Xico em direção à Mansão da Prainha, vizinho ao Porto Brasil. Onde ocorrerão os show das bandas SambaLed (Olinda-PE) e Alphorria (Natal-RN).
thumbnail_banda-alphorria-2“Estamos a 50 dias do Movimento Cultural Grandes Carnavais, que estará pelas ruas de Petrópolis no dia 24 de fevereiro com os blocos Bakulejo, Puxa Saco, Saca Rolha, Arrocho, Ressaka, Kuxixo, Jardim de Infância e Jardineiros. Mas já celebramos o Natal no dia 16 de dezembro, no Clube de Radioamador, e agora no dia 12 de janeiro teremos nosso grande encontro de verão, mantendo os preparativos para nosso grande dia que será o 24 de fevereiro”, explica Sergio Fernandes, produtor do Movimento Cultural Grandes Carnavais.
thumbnail_sambaled-de-olinda-estara-no-lual-dos-grandes-carnavais-3O evento tem incentivo da Lei Municipal Djalma Marinho, UnP, Arena das Dunas, Hospital São Lucas, Hotel Holiday Inn, Redenção, Shopping Cidade Jardim, Rio Center e O Boticário. Para a festa do lual os primeiros 300 ingressos serão acompanhados de uma camiseta brinde, alusiva ao evento.

Senhas:
*Lual R$50.00 com duas cervejas até dia 09/01
*Mesa R$250.00 com 8 cervejas até 09/01
*Só a camisa do Movimento Grandes Carnavais do dia 24/02 R$ 115,00 até 09/01
*Camisa do Movimento Grandes Carnavais do dia 24/02 + Lual R$150,00 até 09/01
• 1 ingresso ou camisa – avista/vencimento
• 2 ingressos ou camisas – até duas parcelas
• 3 ingressos ou camisas – até 3 parcelas.

SOBRE AS ATRAÇÕES
A primeira atração da noite será a visitante Sambaled. O Sambaled é um grupo genuinamente olindense, que traz em seu som a alegria e musicalidade das ladeiras da cidade. Uma nova forma de mostrar o samba, agregando a tecnologia à música. Os instrumentos são envolvidos em luzes de led, que dão emoção, iluminação e energia as apresentações.

Em seguida vem o Alphorria no contraponto regueiro, com balanço jamaicano/potiguar. A banda celebra mais de 20 anos de estrada juntando, outra vez: Sílvio Franco, Jolian Joumes, Carlinhos Sussuana e Chico Beethoven. O grupo natalense vai tocar suas influências musicais e também as canções do disco lançado em 1995, de onde saíram hits como “Sonho rasta”, “Banana reggae”, a versão para “Malandrinha” (Edson Gomes), “Cessa amor”, “Love, love, love”, entre outros.

Serviço
O que? Lual dos Grandes Carnavais
Onde? Mansão da Prainha, em Pirangi.
Atrações? Orquestra de Frevo do Xico (Natal-RN), Sambaled (Olinda-PE) e Alphorria (Natal-RN)
Ingressos? A venda em O Boticário do Shopping Cidade Jardim e CCAB Petrópolis, Barraca do Duca e Mansão da Prainha, em Pirangi.

Acesse www.mixmidia.com.br


Temer veta uso da Lei Rouanet pelo turismo e frustra setor

Em por Paulo Lopes
Atualizado em 5 de janeiro às 22:32


O presidente Michel Temer vetou integralmente o Projeto de Lei 177/2015, que permite a promoção de destinos e produtos turísticos brasileiros com apoio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet). A decisão contraria a expectativa do setor.

temer-no-vetoMichel Temer vetou o uso da Lei Roanet pelo turismo.Foto: Divulgação.

O projeto foi vetado após consulta ao Ministério da Cultura. No fim do ano passado, porém, quando o texto foi aprovado no Congresso Nacional, o ministro do Turismo, Marx Beltrão, comemorou. “É fundamental que as atividades culturais de apoio ao turismo sejam incentivadas, promovendo a cultura e turismo conjuntamente “, afirmou, em nota publicada no site do ministério.

Nas razões para o veto, Temer diz que a legislação atual já possui instrumentos que contemplam o desenvolvimento dos produtos turísticos com conteúdo cultural e que o Plano Nacional de Cultura estabelece meta específica para a área do turismo.

“Além disso, o projeto de lei sob sanção prevê anuência do órgão responsável pela política de turismo nacional, inserindo etapa não prevista nos demais projetos culturais a serem avaliados, burocratizando desnecessariamente o procedimento”, completa. De acordo com o deputado Otávio Leite o veto é injustificável

“O veto foi profundamente injusto. A proposta foi incompreendida. O projeto incentivava a apresentação de artistas brasileiros em eventos nacionais e internacionais, que tenham o propósito de atrair e captar congressos, feiras, exposições, simpósios. E com isso trazer divisas para o país . É fundamental fortalecer o turismo receptivo, sobretudo em tempos de crise e ausência de recursos específicos.

Logo, compartilhar a Lei Rouanet (cujo orçamento é de 1,5 bi/ano) a esse objetivo é algo bastante adequado .Estou indignado! Mas a palavra final é do Congresso .Vamos trabalhar para derrubar o veto.”, destacou..

M&E


Brasil registra recorde na entrada de turistas estrangeiros

Em por Paulo Lopes
Atualizado em 4 de janeiro às 10:01


O país recebeu este ano 6,6 milhões de visitantes internacionais. Eles deixaram US$ 6,2 bilhões na economia brasileira, um aumento de 6% comparado a 2015.

No ano dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos, o Brasil registrou recorde na entrada de turistas estrangeiros. Números apurados pelo Ministério do Turismo revelam que 6,6 milhões de visitantes internacionais entraram no país em 2016, um aumento de 4,8% em relação a 2015.

04_08_16_cristo-redentur-rjCristo Redentor no Rio de Janeiro. Crédito: Divulgação Embratur.

No total, eles injetaram US$ 6,2 bilhões na economia nacional, o equivalente a mais de R$ 21 bilhões. O montante é 6,2% maior que os US$ 5,84 bilhões gastos em 2015.

“Os números são extremamente positivos. Se comparados com o contexto internacional, mostram que ainda podemos avançar muito, mas soubemos aproveitar os megaeventos que realizamos”, comentou o ministro do Turismo, Marx Beltrão.

A Inglaterra, último país a sediar os Jogos Olímpicos e Paralímpicos, registrou um crescimento de 0,92% de 2011 para 2012. Nos anos subsequentes, o aumento médio foi de 5% ao ano. “Ainda temos muita a fazer para aproveitar de forma eficiente o legado de imagem dos Jogos”, destacou o ministro.

15 de Dezembro de 2016 - Ministro do Turismo, Marx Beltrão recebe Sra Valdice Gomes da Silva ( Pres Conselho Estadual de Igualdade Racial ) e Simone Benchimol ( Projeto “Vamos Subir a Serra “). Foto: Roberto Castro/Ascom/MTurMarx Beltrão, ministro do Turismo. Foto:Roberto Castro/Ascom/MTur.

Se depender da propaganda boca a boca, o Brasil tem tudo para crescer no mercado global de viagens. Dos visitantes internacionais que desembarcaram no país, cerca de 95% pretendem retornar. “Mas só a recomendação de pessoas conhecidas não é suficiente. Precisamos intensificar a promoção internacional”, argumentou Marx.

A vizinha Argentina continua no topo da lista de países que mais enviam turistas para o Brasil, seguida dos Estados Unidos. Mais de 2,1 milhões de argentinos e 600 mil norte-americanos entraram no país de janeiro a dezembro. A lista dos principais países emissores é completada por Chile, Paraguai, Uruguai, França, Alemanha, Itália, Inglaterra, Portugal e Espanha.

A metade dos visitantes internacionais que desembarcam no Brasil tem o lazer como o principal motivo da viagem, ficam em hotéis, flats ou pousadas e viajam em família ou de casal. Quatro em cada dez turistas estrangeiros têm a internet como principal fonte de informação.

Os amigos e parentes são os principais influenciadores para cerca de 30% dos entrevistados. Os números são baseados nos dados do Banco Central, Polícia Federal e Demanda Turística Internacional, do Ministério do Turismo.

MTur


Lei Geral do Turismo: prazo para contribuições termina esta semana

Em por Paulo Lopes
Atualizado em 4 de janeiro às 09:02


Termina nesta sexta-feira (06) o prazo para que representantes do trade turístico encaminhem ao Ministério do Turismo suas propostas para a nova Lei Geral do Turismo.

Os encaminhamentos serão feitos tendo como base o documento produzido pela área técnica do MTur e apresentado pelo ministro do Turismo, Marx Beltrão, na última reunião do Conselho Nacional de Turismo em 07 de dezembro. A meta é que o texto seja aprovado no Congresso Nacional ainda no primeiro semestre de 2017.

Turistas de bugues. Com dunas imensas e sua lagoa de água doce, Genipabu é um dos principais passeios do Litoral do Rio Grande do Norte. É nas dunas localizadas ao redor dessa lagoa que é comum a prática do esquibunda, ondes os interessados descem em cima de pranchas de madeiras até cair na nela. Uma curiosidade sobre as dunas é que ele são móveis, devido a intensa ação do vento, que as deslocam constantemente de local. Natal (RN). Foto: Ricardo Rollo *** Local Caption *** * prazo indeterminadoNova Lei Geral do Turismo deverá ser votada ainda no primeiro semestre. Crédito: Embratur.

No documento, o MTur avança sobre temas como a redução da diária de 24 horas para hospedagem, a inclusão de albergues e hostels como conceito de hospedagem, o direcionamento das receitas com as cobranças de multas para os entes executores da fiscalização.

O texto sugere, ainda, o reconhecimento dos cruzeiros aquaviários como prestadores de serviços turísticos, além do fortalecimento de profissões regulamentadas e reconhecidas do setor, como os guias de turismo e turismólogos. As alterações serão fundamentais para o fortalecimento do turismo doméstico e para a atração de turistas internacionais.

MTur.


Conexão Elefante Cultural faz apresentação gratuita em Extremoz, Maxaranguape e Tabatinga

Em por Paulo Lopes
Atualizado em 3 de janeiro às 09:10


E no verão tem espetáculo? Tem sim, senhor! A turma do Conexão Elefante Cultural monta picadeiro nesta quinta (05), sexta (06) e sábado (07), em Extremoz, Maxaranguape e Tabatinga, respectivamente. Cada espetáculo começa a partir das 16h30, na praça central de cada cidade, para levar diversão, poesia e muita gargalhada.
conexao-elefanta-1Você e toda família vão se divertir com a Trupe da Luz, composta pelo espetáculo Caricats do Entre Nós Coletivo de Criação; Estação dos Contos com o grupo Estação de Teatro e o espetáculo Combo com a Tropa Trupe. O espetáculo é gratuito.
conexao-elevante-2A Trupe desembarca em um caminhão que leva a arte circense, teatro, dança e contação de histórias. O Conexão conta com o patrocínio da Cosern através da Lei Câmara Cascudo e Governo do Estado do RN.

apersentacao-em-lajes-conexao-elefante-3Após percorrer e lotar ruas e praças de Natal e região metropolitana pela Etapa Municipal, o projeto Conexão Elefante Cultural com a sua simpática Trupe da Luz, coordenada por Diana Fontes, colocou o pé na estrada rumo a Etapa Estadual no último dia 03 de novembro e encerra agora com as três últimas apresentações.
apresentacao-em-jardim-do-serido-conexao-elefante-4Já tendo passado por várias cidades do Rio Grande do Norte, com primeira parada na cidade de Jardim do Seridó, localizada a mais de 200 km de Natal. Todas as atividades e apresentações realizadas pelo projeto são gratuitas e para público de todas as idades. Agora em Janeiro, depois de ter passado pelo Seridó e Oeste, a Trupe volta as suas apresentações em Extremoz, Maxaranguape e Tabatinga.

Serviço:
Espetáculo Gratuito: Conexão Elefante Cultural
Locais: Extremoz, Maxaranguape e Tabatinga.
Dias: 05, 06 e 07 de janeiro (quinta, sexta e sábado) respectivamente.
Hora: 16h30
Fotos: Brunno Martins


ONU irá oficializar 2017 como o ano do Turismo Sustentável durante Fitur

Em por Paulo Lopes
Atualizado em 2 de janeiro às 18:01


fitur-2016Complexo onde ocorreu a última edição da Fitur, em Madrid, na Espanha.Foto: Divulgação.

A Organização das Nações Unidas (ONU), deve oficializar 2017 como o ano do Turismo Sustentável, durante o evento de turismo Fitur, que começa no dia 18 de janeiro, na Espanha, frisando a importância do mercado turístico em avançar a agenda de objetivos de sustentabilidade da entidade governamental até 2030.A determinação irá incentivar uma mudança nas políticas e práticas de negócios de empresas de todo o setor.

M&E


Marx Beltrão: “Estamos prontos para uma nova era do turismo brasileiro”

Em por Paulo Lopes
Atualizado em 30 de dezembro às 07:07


Em entrevista à Agência de Notícias do Turismo, o ministro Marx Beltrão faz um balanço dos Jogos e define os principais desafios para 2017.

O ano de 2016 foi especialmente importante para o turismo do Brasil com a realização da Olimpíada, o maior evento esportivo do planeta. Para colocar de pé um megaevento como este, que atraiu olhares de mais de 3,5 bilhões de telespectadores de todo o mundo, o Brasil investiu na melhoria de infraestrutura, qualificação de mão-de-obra e promoção de seus destinos. E o Ministério do Turismo teve uma participação fundamental nesse processo. Em entrevista à Agência de Notícias do Turismo (ANT), o ministro do Turismo, Marx Beltrão, falou sobre o legado dos grandes eventos e os desafios da Pasta em 2017.

15 de Dezembro de 2016 - Ministro do Turismo, Marx Beltrão recebe Sra Valdice Gomes da Silva ( Pres Conselho Estadual de Igualdade Racial ) e Simone Benchimol ( Projeto “Vamos Subir a Serra “). Foto: Roberto Castro/Ascom/MTurMinistro Marx Beltrão fala as expectativas para 2017. Crédito: Roberto Castro.

ANT: Qual o balanço que o senhor faz de 2016 para o Brasil? Qual a imagem que fica em um ano em que o país enfrentou turbulências políticas e realizou os Jogos Olímpicos?

MB: Realmente este foi um ano muito intenso, mas acredito que chegamos ao final com um saldo positivo. Conseguimos enfrentar os problemas sem jogá-los para baixo do tapete. O Brasil é um país lindo, de cenários deslumbrantes e um povo muito acolhedor. Tenho certeza que avançamos e continuaremos na luta para transformar o Brasil em um dos melhores países do mundo para morar e para visitar.
ANT: Se tivesse que fazer um balanço do ano do Ministério do Turismo, quais seriam os destaques?

MB: Sem sombra de dúvidas a realização dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos foram o ápice do ano. A megaexposição começou meses antes, com o revezamento da tocha olímpica pelo Brasil. A chama visitou mais de 300 cidades brasileiras. Foi a oportunidade para nacionalizar os ganhos de imagem e promover os destinos, além do Rio de Janeiro. No Tour da Tocha, realizamos uma chamada pública para definir os cinco roteiros beneficiados com presstrips, um para cada região do país.

Levamos jornalistas e blogueiros para conhecer roteiros especiais, com experiências únicas. Além das presstrips, nossa equipe de comunicação visitou 23 destinos que receberam a chama olímpica e produziu conteúdo multimídia para promoção dos destinos. No Rio de Janeiro, sede dos Jogos, o Ministério qualificou a mão de obra local, quiosqueiros, barraqueiros, atendentes de pousadas e hostels. Investimos na melhoria do receptivo turístico e o resultado não poderia ser outro: mais de 95% dos turistas elogiaram nossa hospitalidade.

Não posso deixar de citar, ainda, a promoção do país dentro da Casa Brasil, processo capitaneado pelo MTur e Ministério da Cultura junto com a Secretaria de Comunicação da Presidência da República, a atualização do Mapa do Turismo Brasileiro, o lançamento de cartilhas voltadas para o atendimento a públicos específicos – idosos, pessoas com deficiência e turista LGBT -, os investimentos em infraestrutura turística e, mais recentemente, a grande retomada das obras do PAC do Turismo.

ANT: O Brasil conseguiu aproveitar os Jogos para se promover internacionalmente?

MB: A realização dos Jogos por si só já é uma grande ação promocional. Durante os 90 dias do revezamento da tocha pelo país e nos dias em que o Rio de Janeiro sediou a Olimpíada e a Paraolímpiada, a exposição espontânea do país, dos destinos, atrativos naturais, foi altamente positiva. Mostramos ao mundo que temos uma variedade de opções além do sol e mar. Temos destinos de natureza, culturais, religiosos. Agora o desafio é transformar o ganho de imagem em geração de emprego, o desejo de retorno do turista internacional em realidade, além de fazer os brasileiros conhecerem mais os destinos domésticos.

ANT: O que esperar do Turismo em 2017? Há espaço para crescer?

MB: Ainda temos muito espaço para crescer. O Brasil é o primeiro do mundo em recursos naturais e oitavo em recursos culturais pelo Fórum Econômico Mundial. Mas para conseguir atrair mais visitantes, temos de avançar em gargalos históricos do setor. Estive com o presidente Michel Temer e conversamos sobre um pacote de medidas para destravar o setor, atraindo mais turistas e, consequentemente, gerando mais empregos e renda para o país. Ele deu carta branca para tocarmos o processo, que tem pautas importantes inclusive em parceria com outros ministérios. Vamos fazer as conversas que devem ser feitas para afinar os projetos e lançar o mais rápido possível. Acredito que, com o pacote, entraremos em uma nova fase do turismo nacional.

ANT: O orçamento do MTur vem caindo ano a ano. Como conseguir avançar com tão pouco recurso?

MB: Esse é um problema que já estamos conseguindo resolver. Começamos 2016 com o terceiro pior orçamento da Esplanada, mas desde que cheguei, em outubro, conseguimos alguns créditos e liberações de recursos para PAC, obras e promoção. O orçamento inicial autorizado para o MTur foi de R$ 235,9 milhões e vamos terminar o ano empenhando R$ 671,4 milhões.

Para o orçamento de 2017, também já conseguimos o compromisso do governo em ampliar os recursos para conseguirmos investir mais. O turismo é uma das atividades que dá mais retorno, mesmo com investimentos mínimos. Acredito que se conseguirmos passar as medidas que estamos trabalhando com o apoio da Casa Civil, esse problema de recursos estará sanado.

ANT: O MTur já traçou os projetos prioritários para 2017?

MB: O ano começa com algumas grandes discussões com o trade turístico. Estamos trabalhando na revisão da Lei Geral do Turismo e espero aprovar o texto no Congresso ainda no primeiro semestre de 2017. Outro trabalho importante que começa em janeiro é a edição do novo Plano Nacional de Turismo. Queremos trabalhar em um documento mais adequado à realidade, com metas concretas e que possam efetivamente ser alcançadas. Esse trabalho será construído em parceria com os representantes do setor, aqueles que fazem efetivamente o negócio rodar e gerar desenvolvimento econômico.
O ano de 2017 também será importante para avançarmos em políticas de estruturação de destinos e qualificação de mão-de-obra. São muitos projetos que vão colocar o turismo em outro patamar dentro da estratégia de desenvolvimento do país.

MTur.