Punhetaço na casa brasileira da masturbação mental

Em por Ponto ID
Atualizado em 5 de janeiro às 09:39


A descabida proposta do deputado federal Marcelo Aguiar, que quer uma forma de operadoras vetarem material pornográfico na internet, já tem reações concretas.

Manifestantes estão fazendo circular na internet uma convocação para um punhetaço em frente do Congresso Nacional, a casa da masturbação mental brasileira.


Taxa de homicídios em presídios do RN é a maior do Brasil

Em por Ponto ID
Atualizado em 5 de janeiro às 09:09


O Rio Grande do Norte é o terceiro estado onde mais se mata nos presídios, indica levantamento do jornal Folha de S.Paulo com base nos dados das secretarias estaduais.

As unidades onde mais morrem detentos se encontram no Nordeste. O Ceará lidera. No ano passado, 48 pessoas foram assassinadas nas prisões do estado vizinho. Depois aparece o estado de Pernambuco, com 43 morte. No Rio Grande do Norte, o terceiro, foram 31.

Mas quando se fala em taxa, lideramos. Para cada grupo de mil presos, há 4,5 mortes no Rio Grande do Norte. É a maior taxa do Brasil. Os demais estados que compõem os números absolutos aparecem logo atrás. O Ceará marcou 3,1. Pernambuco aparece em quarto, com 1,42. Nesse critério, o Pará fica em terceiro, com 1,97.


Golpe na Fecam

Em por Ponto ID
Atualizado em 4 de janeiro às 09:09


A eleição da Federação das Câmaras Municipais do RN (Fecam) ocorre sob mantras de golpe.

Todos na expectativa para saber se prosperará a intenção do ex-prefeito de Mossoró, Silveira Júnior, que quer presidir o órgão, mesmo sem mandato.


Mas são quantos cargos?

Em por Ponto ID
Atualizado em 3 de janeiro às 10:44


O novo presidente da Câmara Municipal de Natal, Raniere Barbosa, anunciou que vai cortar cargos comissionados.

A pergunta que se faz é: mas quantos são no total?

Um bom caminho seria a CMN repetir o que fez a Assembleia Legislativa, escancarando seu tamanho a um clique do cidadão.


A definição do sistema prisional (do RN)

Em por Ponto ID
Atualizado em 3 de janeiro às 10:38


Indaguei há pouco o secretário de Justiça e Cidadania, Wallber Virgulino, sobre a provável retaliação que o PCC pode vir a fazer no Estado em razão do massacre de Manaus. Após se dizer surpreso, ele emendou:

“O sistema penitenciário é sinônimo de rebelião, mortes e fugas. Se trabalharmos achando que não vai acontecer, é um gestor que caiu de paraquedas.  Trabalhamos em cima do pior.”

No ano passado, foram quase 400 fugas no sistema prisional do Estado.

Sistema não. Pois sistema pressupõe algo que funciona.


A falência do Estado

Em por Ponto ID
Atualizado em 3 de janeiro às 10:13


A Tribuna do Norte desta terça traz o apanhado do último violento ano.

Um apanhado que dói

Foram 1.988 homicídios.

A cada 4 horas e 25 minutos alguém foi assassinado no Rio Grande do Norte.

É injustificável.


RN em alerta

Em por Ponto ID
Atualizado em 3 de janeiro às 10:02


A revelação de que o PCC pode se vingar do massacre em Manaus no RN, RJ, MA e RS colocou o estado em alerta.

A Sejuc, que já monitora o sistema, está atenta às movimentações.


Descoberta seletiva

Em por Ponto ID
Atualizado em 20 de dezembro às 15:34


Não tem outro nome senão seletividade a apuração sobre o senador José Agripino ser detentor de veículo de comunicação no Estado


Ofensiva contra Agripino avança

Em por Ponto ID
Atualizado em 20 de dezembro às 15:31


felipe-agripino

Após o revés da Lava Jato, o senador José Agripino e o deputado federal Felipe Maia agora veem contestada sua participação em veículos de comunicação do Estado.

O MPF está pedindo o cancelamento da concessão, permissão e/ou autorização do serviço de radiodifusão sonora e de som e imagem outorgado à TV tropical, Rádio Libertadora Mossoroense, Rádio Ouro Branco, Alagamar Rádio Sociedade Ltda., Rádio Curimataú de Nova Cruz Ltda. e Rádio A Voz do Seridó.

O parquet federal sustenta que a Constituição Federal veda que senadores e deputados, como José Agripino e Felipe Maia, sejam sócios ou associados de pessoas jurídicas concessionárias de rádios ou TVs


O revés do Rottweiler

Em por Ponto ID
Atualizado em 20 de dezembro às 10:46


Na Folha

reinaldo

O juiz Sang Duk Kim, da 7ª Vara Cível do Tribunal de Justiça de São Paulo, condenou o jornalista Reinaldo Azevedo ao pagamento de R$ 100 mil à cartunista Laerte como indenização por danos morais. Cabe recurso.

Laerte entrou com ação contra Azevedo pela publicação de um texto, em 24 de agosto de 2015, em seu blog no site da revista “Veja”, que foi posteriormente lido por ele na rádio Jovem Pan. O jornalista chama a cartunista de “fraude moral”, “baranga moral”, “fraude de gênero” e “fraude lógica”.

Segundo Laerte, houve ofensa a sua honra e dignidade. O texto foi resposta a uma charge publicada na Folha em que Laerte criticava manifestantes pró-impeachment de Dilma Rousseff.

Em defesa, Azevedo, colunista da Folha, disse que a crítica é consonante com “seu estilo jornalístico característico, sem nenhum abuso ou ofensa em relação à autora”