Mercado prevê piora na economia

Em por Roberto Fontes
Atualizado em 12 de dezembro às 11:53


dolar

O Relatório de Mercado Focus, divulgado hoje, trouxe novas mudanças, para pior, nas projeções de atividade.

Pelo documento, as estimativas para o Produto Interno Bruto (PIB) este ano passaram de retração de 3,43% para 3,48%.

Há um mês, a perspectiva era de recuo de 3,37%.

Há duas semanas, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou que o PIB no terceiro trimestre recuou 0,8% ante o segundo trimestre e cedeu 2,9% ante o terceiro trimestre do ano passado.

Foi a sétima queda consecutiva do PIB brasileiro.

A perspectiva é a de que a economia brasileira volte a crescer apenas a partir de 2017.

Em suas comunicações mais recentes, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central destacou que o conjunto de indicadores divulgados sugere “atividade econômica aquém do esperado no curto prazo”.

Para 2017, o Focus mostra que a percepção também piorou.

O mercado prevê para o País um crescimento de 0,70% no próximo ano, abaixo do 0,80% projetado uma semana antes.

Há um mês, a expectativa era de 1,13%.

Em suas projeções, o Ministério da Fazenda trabalha com uma estimativa de crescimento de 1,0% para o próximo ano.

Câmbio – O Focus mostrou que a cotação da moeda americana estará em R$ 3,39 no encerramento de 2016, ante R$ 3,35 de uma semana antes.

Há um mês, estava em R$ 3,22.

O câmbio médio de 2016 permaneceu em R$ 3,46, ante R$ 3,43 de um mês antes.

Para o fim de 2017, a mediana para o câmbio seguiu em R$ 3,45 de uma divulgação para a outra, ante R$ 3,40 de um mês antes.

Já o câmbio médio de 2017 permaneceu em R$ 3,41 – estava em R$ 3,32 um mês atrás.


Comentários

Deixar uma Resposta