Imagens do Folclore Potiguar

Em por Alex Gurgel
Atualizado em 13 de agosto às 17:58


Foto: Hugo Macedo
por Alexandro Gurgel
-
Na sua sapiência, é o próprio Cascudo quem nos ensina que todos os povos do mundo possuem um patrimônio de tradições que se transmite oralmente que é defendido e conservado pelo costume. Esse patrimônio milenar é o folclore, que cresce com os conhecimentos diários, se integrando aos hábitos grupais, domésticos ou nacionais.

O folclore norte-riograndense é contado feito uma ópera pictórica erudita através das fotografias de Hugo Macedo, que inventa novos ângulos para capta o menino brincante, o transformando num herói anônimo que defende as tradições potiguares numa dança bem compassada.

Com seus cocares, arcos e flechas, os Caboclinhos de Ceará Mirim desfilam fagueiros diante da casa do Mestre Cascudo, reverenciando a morada do grande folclorista e embalando as horas vadias da tarde que passa deixando um aroma de charuto inacabado.

No conjunto de elementos artísticos populares, o Boi Calemba é um ícone dessa tradição centenária, vivendo nas festanças potiguares tendo a frente o Mestre do Boi, quase sempre dono do espetáculo. Conforme o folclorista Deífilo Gurgel, o Boi Calemba se diferencia dos outros folguedos brasileiros e não tem enredo, por ter se descaracterizado, limitando-se o brinquedo hoje, pelo menos em Natal e em São Gonçalo do Amarante, quase só as danças e cantigas.

No elenco fotográfico “macediano” destaca-se o menino galante, dançando tal qual gente grande, trazendo no espírito os compassos da tradição. Mateus, Birico e Catirina compõem a trupe do Boi encantado, espalhando cantigas natalinas, na zoada de um pequeno conjunto de pau-e-corda que acompanha o folguedo.

Na vila de Ponta Negra, os velhos reis do Congo de Calçola reúnem elementos temáticos africanos e ibéricos nas suas congadas, transformados num cortejo real, como se fosse uma cerimônia de coroação de reis escravos.

As imagens silenciosas e suas silhuetas riscando a noite compõem, quadro a quadro, o perfil folclórico da terra potiguar.

Veja as fotos do Folclore Potiguar em:
http://www.fotohugo.blogspot.com/


Comentários

Deixar uma Resposta