Alcaçuz…e os salários?

Em por François Silvestre
Atualizado em 20 de janeiro às 09:19


O desmantelo prisional, declarações malucas, confusão na cidade, insegurança generalizada deram um refresco ao senhor Nogueira da “governança”. Ninguém mais fala nos salários de Dezembro, da parte do “percentual” dos servidores do Executivo. Do executivo que não executa nem paga o que deve. E aí, doutor Robinson? Ou não é ao senhor que devemos cobrar? Cadê o pagamento do Resto? Ou essa grana vai ser usada para o muro de Alcaçuz? Salários de Dezembro…Vamos pedir ao PCC ou ao Sindicato do C? Num governo de ficção até o anarquismo se lasca, pois não há do que ser contra.


E agora, quem poderá me defender?

Em por François Silvestre
Atualizado em 19 de janeiro às 19:52


Perguntou a população diante da bagunça de segurança pública. Aí surge o procurador- geral do Ministério Público e grita: “Eu”! Todo mundo se anima e saúda: “O Chapolin Colorado”!


Alcaçuz, se fosse com Wilma

Em por François Silvestre
Atualizado em 19 de janeiro às 20:18


O Governador Robinson Faria tem sido transparente e pouco convincente nas suas explicações, meio confusas. Ou tem tentado responder o irrespondível. É uma questão de estilo. Ou de escassa assessoria. Se fosse no tempo de Wilma de Faria, seria assim: Um seu auxiliar, jornalista de nomeada, seridoense, íntegro, leal, chegaria para lhe dar a notícia. “Professora, invadiram o presídio principal e já mataram gente”. Wilma alisaria os cabelos sobre a testa, ajeitaria a manga da blusa e ordenaria: “Arranje um culpado”! O jornalista ouviria, passaria os dedos no bigode e diria: “Meu deus”!


Bloqueador, fumo e balela

Em por François Silvestre
Atualizado em 19 de janeiro às 11:33


O Governador Robinson Faria declarou, não faz muito tempo, que não recuaria na colocação de “bloqueadores de celular” em Alcaçus. E aí? Ou recuou ou os tais bloqueadores não funcionam. Dinheiro jogado fora. Pois é com celulares que os presos estão falando com parentes e até com policiais. O Secretário desse negócio, são tantos com tantos nomes, declarou que se tentassem repetir Manaus, aqui, levariam fumo. E aí Secretário, onde é que se enfia o fumo? Parece que os donos do “rolo” estão do outro lado do muro.


Holofote na fumaça

Em por François Silvestre
Atualizado em 19 de janeiro às 07:11


O Ministério Público do Rio Grande do Norte criou uma comissão para ingressar nesse episódio da violência nos presídios. Chegou tarde. Muito tarde. Mas, sempre há uma uma vaguinha na luminosidade da tragédia. O procurador geral disse, agora há pouco, que houve homicídios, o que por si só justifica a presença do MP. Perfeito. Falta dizer que homicídios ocorrem diariamente, em todo o Estado, impunemente. Sem inquéritos e sem apurações ou julgamentos. Depois ele disse que também vai apurar “possíveis” improbidades administrativas de agentes públicos. Aí não se tem dúvidas de que choverão processos. Muito papel, muitas intimações, citações, tempo gasto, manchetes de jornais. E depois? Bem, o depois se verá depois.


Autoria genial

Em por François Silvestre
Atualizado em 18 de janeiro às 15:58


Quem ou quais foram os gênios que imaginaram e construíram esse presídio nas dunas de Nísia Floresta? Ninguém fala nisso. Por quê?


Não falta mais

Em por François Silvestre
Atualizado em 18 de janeiro às 06:58


Numa entrevista, agora há pouco, num matutino televisivo, o Governador Robinson Faria disse: “Ainda não tinha havido uma luta entre as facções. Até agora eles trabalhavam separadamente”. Pois é. Trabalhavam. Esse é o verbo que a bandidagem usa para definir suas “atividades”. Quando fazem um assalto, impõem à vítima: “Não reaja, estamos fazendo nosso “trabalho”. Só faltava uma autoridade reconhecer esse “trabalho”. Não falta mais.


Agora vai!

Em por François Silvestre
Atualizado em 17 de janeiro às 18:19


Deu no PortalNoAr.

A Procuradoria Geral de Justiça do RN designou nesta terça-feira (17) a formação de uma força-tarefa para investigar as causas, mortes e situações encadeadas nos últimos dias em Alcaçuz.

Os promotores irão trabalhar na investigação da crise do sistema prisional em diversas frentes para apurar os crimes cometidos dentro da prisão”.

Do Blog:

A Portaria do MP é uma deliciosa piada. Se você rir não se acanhe, merece riso mesmo.


A cabeça de virgolino

Em por François Silvestre
Atualizado em 17 de janeiro às 12:43


O Virgulino mais famoso perdeu a cabeça em Angico, socavão sertanejo do Sergipe. O Virgolino daqui veio da Paraíba, onde se governa bem, de onde foi exonerado, para soltar a língua enquanto seus custodiados perdem a cabeça. Cada Virgo(u)lino com sua vogal. Segundo Robinson: “está tudo sob controle”…


Responsabilidade de quem controla

Em por François Silvestre
Atualizado em 17 de janeiro às 12:29


O Governador Robinson Faria declarou, publicamente, que tudo está sob controle do governo, em Alcaçuz. Após essa declaração, tudo que ocorrer ali terá seu governo na condição de cúmplice ou leniente. Parece que já aconteceu…