Pescar na Califórnia

Em por Ricardo Rosado
Atualizado em 24 de janeiro às 10:12


YJ4A0330A tranquilidade e a pesca na Califórnia.


Facebook cria atualização que permite identificar notícia falsa

Em por Ricardo Rosado
Atualizado em 24 de janeiro às 09:14


O Facebook quer deixar a timeline do usuário repleta de notícias.

Mas somente com aquelas que realmente interessam. Na terça-feira, 20, a rede social apresentou uma atualização que permite a denúncia de posts de notícias falsas na plataforma.

A nova opção está localizada na seta que aparece ao lado direito do post.

Quando um determinado número de pessoas fizer a denúncia, o Facebook colocará uma legenda para avisar usuários de que a publicação não é legítima.

A empresa também incluiu uma métrica que rastreará posts deletados, depois que a pessoa percebeu que o conteúdo se tratava de um boato ou de uma piada. Em comunicado, o Facebook faz questão de esclarecer que sites cômicos, como o Sensacionalista, não serão penalizados pelo recurso.

Deu em ProXXIma


Compra da TIM pela OI pode estar próxima

Em por Ricardo Rosado
Atualizado em 24 de janeiro às 09:09


O processo de consolidação das telecomunicações no Brasil pode estar perto de uma nova fase, num cenário em que as quatro principais operadoras – Claro, Oi, TIM e Vivo – se reduzirão para três – Claro, Oi e Vivo.

Segundo matéria da Reuters, com a finalização da venda dos ativos portugueses da Portugal Telecom (PT), pertencentes à Oi, ao grupo francês Altice, abre espaço para que a Oi faça uma oferta pela TIM.

Nesta quinta-feira, 22, os acionistas da PT SGPS aprovaram a venda dos ativos para a Altice por 74, bilhões de euros (R$ 22 bilhões). Com isso, a Oi, imediatamente, apresentará melhora na sua situação financeira, o que a fará avançar em uma oferta pela TIM, em conjunto com a Claro e com a Vivo. A transação para a aquisição da TIM é um negócio estimado em R$ 30 bilhões.

Em comunicado também nesta quinta-feira, 22, a Oi afirma que “considera acertada a decisão dos acionistas na assembleia geral da PT SGPS de aprovar a venda da PT Portugal para a Altice.

A Oi entende que esta decisão é a que gera mais valor para todos os acionistas. Com a venda, a PT Portugal fica mais forte para atuar em Portugal e a Oi fica mais forte para operar no Brasil, com redução das respectivas alavancagens”.

Continua o comunicado: “o processo de venda é fundamental, pois coloca as duas empresas em melhores condições financeiras e operacionais e, no caso da Oi, representa também a perspectiva concreta de a companhia ter participação importante no processo de consolidação do mercado de telecomunicações brasileiro. A Oi manterá o foco em suas quatro prioridades informadas ao mercado:

1. Continuar o processo de transformação operacional da companhia e forte redução/controle de custos. Esta estratégia já começou a apontar bons resultados, conforme indicadores de outubro e novembro divulgados, que apontam um ponto de inflexão do negócio, com a melhora da receita líquida operacional e do Ebitda de rotina em relação ao terceiro trimestre de 2014;

2. Correção do balanço patrimonial da companhia, através de novos movimentos de venda de ativos. Com a venda da PT Portugal, a Oi reduz sua alavancagem líquida. Em um primeiro momento, a companhia ficará com o caixa, para decidir no momento oportuno se usará estes recursos no processo de consolidação do setor e/ou na redução de sua dívida;

3. Migração para o Novo Mercado. A Oi reitera seu propósito de ingressar no Novo Mercado, nível mais elevado de governança corporativa da BMF/Bovespa, conforme compromisso firmado com o mercado no âmbito do seu aumento de capital;

4. Participar do processo de consolidação do setor de telecom no Brasil. A venda da PT Portugal habilita a Oi a exercer o protagonismo neste processo, que já está em curso no Brasil.”

E é justamente do item 4 que trata a questão da futura aquisição da TIM, reportada pela Reuters. Segundo a agência de notícias, a Claro já admitiu publicamente ter sido abordada pela Oi para uma oferta pela TIM. O presidente da empresa, Carlos Zenteno, afirmou, em setembro, que a empresa foi sondada pelo Banco BTG Pactual para uma oferta e disse que a companhia estava aberta a analisar oportunidades de consolidação no mercado.

A outra parte interessada na TIM, a Vivo, do Grupo Telefônica, aguarda aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) da compra da GVT por 7,2 bilhões de eurospara poder manifestar seu interesse na compra da TIM.

Deu no Meio&Mensagem
 


As 11 previsões para as mídia e digital em 2015

Em por Ricardo Rosado
Atualizado em 24 de janeiro às 09:10


A Millward Brown, agência global que auxilia empresas a construírem grandes marcas, revelou pelo sétimo ano consecutivo suas previsões para mídia e digital em 2015.

“Procuramos traçar um panorama para as mudanças constantes no ambiente digital, para que os responsáveis pelas marcas conheçam as tendências mais relevantes e possam aproveitar as oportunidades, sem perder o foco entre as infinitas ferramentas novas que aparecem a cada dia. Nosso objetivo é muito claro: ajudar as empresas a criar marcas ainda mais fortes”, disse Gonzalo Fuentes, CEO da Millward Brown para a América Latina.

Confira as 11 tendências apontadas pela agência:

Maior controle da publicidade sincronizada com segunda tela: a Millward Brown espera que mais anunciantes aproveitem a oportunidade para impactar o consumidor através de seus dispositivos digitais (computadores, laptops, telefones celulares e tablets), uma vez que eles receberão mais mensagens relacionadas aos anúncios da TV. Este tipo de publicidade utiliza a tecnologia auditiva para identificar quando um anúncio vai passar na televisão e envia imediatamente mensagens publicitárias para as outras plataformas. Além disso, o sincronismo das telas pode oferecer outras estratégias para as marcas, como responder aos anúncios dos concorrentes no ambiente digital ou fazer uma promoção combinada com outro produto do portfólio.

Integração de mídia social e móvel: prevemos uma abordagem cada vez mais multidispositiva, multiplataforma e multimídia, que permitirá um impacto mais forte e integrado sobre o valor das marcas, o comportamento dos consumidores e as vendas.

De “Big Data” para “Intelligence Data”: o conhecimento humano aplicado aos dados robustos do Big Data será a chave para transformar a promessa dessa tecnologia em benefícios reais para as marcas.

O crescimento dos vídeos de curta duração com publicidade: novas oportunidades de anúncios pagos surgirão nas plataformas de microvídeo (como Vine e Instagram), mas apenas as marcas que conhecem e já atuam nessas plataformas terão êxito.

Adaptação do marketing multitela a cada geração de consumidor: ao aliar o objetivos de branding com os hábitos de uso de telas em cada faixa etária do seu público, os profissionais de marketing vão otimizar em grande parte os resultados de suas campanhas.

Aumento da criatividade em marketing programático: a publicidade programática é a compra automática de espaço publicitário através de softwares e algoritmos para alcançar de maneira mais precisa o consumidor. “Até o momento, o debate sobre as mídias programáticas tem como foco a maneira que ocorrem as operações e métricas de desempenho, tais como custo por clique”, disse Duncan Southgate, Director de Marca Global de Digital em Millward Brown. “Em 2015 esperamos que os especialistas em marketing se concentrem em explorar a oportunidade de potencializá-las de forma mais criativa”, completa.

Marketing programático passa a contemplar as marcas: em 2015, os anunciantes vão utilizar novas metodologias para medir de forma mais eficiente os benefícios que as mídias programáticas podem oferecer na construção de marcas relevantes.

Expansão do marketing baseado em geolocalização: os anunciantes que mais se beneficiarão dessa ferramenta serão aqueles que vêem a tecnologia a partir da perspectiva das necessidades dos consumidores, em vez de simplesmente projetar seus próprios interesses. Estudar o comportamento do consumidor e adaptar a experiência da marca será a chave para se destacar na multidão.

Publicidade nativa com conteúdo relevante: publicidade nativa é um conteúdo produzido em formato publieditorial para ser transmitido em mídias digitais (blog, revista ou jornal on-line, redes sociais). Quando feito de maneira adequada, essa ferramenta gera mais credibilidade do que a tradicional. À medida que a publicidade nativa torna-se um meio estabelecido, os anunciantes devem aliar-se aos veículos, para encontrar o equilíbrio entre conteúdo comercial e editorial.

Implementação de conectividade móvel com programas de marketing coerentes:Para maximizar o retorno sobre o investimento, em 2015, os comerciantes devem explorar o uso de tecnologias digitais para criar uma interação móvel simples e fácil em todos os pontos de contato, deixando os consumidores no controle de quando e como eles querem se envolver com as marcas.

Vencendo na era digital: toda empresa deve avaliar o quão bem está estruturada para a era digital e incorporar uma abordagem holística.

Redação Adnews


Gastos dos brasileiros no exterior bateram recorde

Em por Ricardo Rosado
Atualizado em 24 de janeiro às 09:04


Os gastos de brasileiros no exterior passaram de US$ 24,987 bilhões, em 2013, para US$ 25,608 bilhões, em 2014, crescimento de 2,48%. O valor voltou a ser recorde, mesmo com o dólar em alta.

A conta de viagens internacionais apresentou déficit de US$ 18,695 bilhões no ano passado, cifra também recorde. Os dados foram divulgados hoje (23) pelo Banco Central (BC).

De acordo com o chefe do Departamento Econômico do BC, Tulio Maciel, a tendência é uma redução no ritmo de crescimento das viagens dos brasileiros ao exterior. Para ele, o principal fator de influência é a valorização do dólar.

“É natural que, em um determinado momento, isso [gastos recorde de brasileiros em viagens ao exterior] mostrasse uma acomodação. A tendência é ter, em 2015, comportamento semelhante ao de 2014”, disse Maciel. Em 2014, ano de Copa do Mundo, os gastos de estrangeiros no Brasil ficaram em US$ 6,914, crescendo 3,13%, na comparação com o ano anterior.

As receitas ficaram aquém do que era esperado pelo BC. “Chegamos a fazer uma estimativa do impacto da Copa, que ficou próxima de US$ 1 bilhão”, disse  Maciel. Segundo ele, fatores externos podem ter influenciado. “Há uma correspondência do ritmo de crescimento da atividade global com receitas de viagens previstas no país”, destacou, clarou, em entrevista para comentar o resultado das contas externas em 2014.

Quanto ao déficit recorde de US$ 90,9 bilhões das transações correntes do país no ano passado, Maciel atribuiu o resultado principalmente à balança comercial. Para ele, a balança tende a se recuperar este ano, em função da taxa de câmbio – já que o dólar valorizado favorece exportações -, do aumento no volume de comércio internacional e da perspectiva de melhora da conta-petróleo brasileira.

Deu na IstoÉ


Henrique recebe homenagem dos professores aposentados da UFRN

Em por Ricardo Rosado
Atualizado em 23 de janeiro às 15:00


IMG-20150123-WA0001

O presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, foi homenageado na manhã desta sexta-feira (23), em Natal, por professores aposentados da UFRN pelo apoio prestado durante o andamento da ação dos precatórios.

Na ocasião, Alves recebeu uma placa assinada pelas entidades de representação da categoria, incluindo o Sindicato, a Adurn e a Apurn.

A solenidade de entrega ocorreu no Centro de Convivência da UFRN com a presença da reitora da instituição, Ângela Paiva; do ministro do TST, Emmanoel Pereira; dos médicos Paulo Xavier e Ivo Barreto; do vereador de natal e professor Joanilson de Paula Rego; dos professores aposentados e ativos, além dos presidentes da Apurn, professor Freitas, e da Adurn, professora Ângela.

Como agredecimento pelo gesto dos aposentados e suas instituições representativas, Henrique Eduardo destacou que cumpriu o seu dever como representante do povo potiguar e destacou que a vitória conquistada pelos professores junto ao Poder Judiciário constituiu o endosso da Justiça à luta dos trabalhadores para a recuperação de perdas importantes em seus vencimentos, como consequências de planos econômicos de diferentes governos.

Fonte e foto: Assessoria


Gabinete de vereador mostra que recolheu e mandou dinheiro para o PSOL

Em por Ricardo Rosado
Atualizado em 23 de janeiro às 11:59


18da1aa3942a14e0778787060ebb7d70-500x700 (1) 18da1aa3942a14e0778787060ebb7d70-500x700

Deu no Portalnoar
Por Dinarte Assunção

O gabinete do vereador Marcos Antônio retaliou o diretório do PSOL e exibiu comprovantes de que repassou dinheiro para o partido.

Em email encaminhado à reportagem, 24 anexos de imagens comprovam que a legenda recebeu contribuição a partir dos servidores lotados no gabinete do parlamentar.

A assessoria de imprensa do vereador ressaltou, no entanto, que os repasses foram feitos espontaneamente pelos servidores. Na semana passada, o portalnoar.com divulgou com exclusividade vídeos em que o coordenador financeiro do vereador, Reginaldo Alves, arrecadava recursos dos funcionários para destinar ao gabinete. Na denúncia, foi explicado que a contribuição deveria ser obrigatória.

No email encaminhado à reportagem, Reginaldo aparece como a pessoa responsável por repassar os recursos ao PSOL. No partido, o destinatário do dinheiro é identificado com Tárzia Medeiros. O montante arrecadado é baixo, variando entre R$ 30,00 e R$ 80,00. Os valores eram angariados a partir, no mínimo, de dois servidores, conforme as imagens enviadas.

Entenda

Desde que o portalnoar.com revelou em primeira mão uma denúncia de um esquema considerado “mensalinho” no gabinete de Marcos do PSOL abriu-se uma crise entre o parlamentar e o partido. No material divulgado pela reportagem, uma funcionária do parlamentar filmou o momento em que o coordenador financeiro do vereador, dizendo agir em seu nome, arrecadava dinheiro para o gabinete.

De lá para cá, o PSOL negou ter recebido tais contribuições. Na avaliação da equipe de Marcos há uma disputa dentro do partido tentando atingir o vereador.

O diretório municipal do partido acionou a executiva nacional para apurar o caso. A Comissão de Ética da Câmara de Vereadores também vai apurar o caso.


Ex-promotor, Joanilson de Paula Rêgo é o novo Presidente da Comissão de Ética da CMN

Em por Ricardo Rosado
Atualizado em 23 de janeiro às 11:20


Deu no Portalnoar

Por Leonardo Dantas

O vereador diplomado Joanilson de Paulo Rêgo (PSDC) será o novo presidente da Comissão de Ética, na Câmara Municipal de Natal (CMN). Ele aceitou o convite da Mesa Diretora da Casa quando assumir o mandato no próximo dia 29, em substituição ao vereador Luiz Almir (PV).

Almir ocupará o cargo de 1º secretário da Mesa Diretora, deixando a presidência da Comissão de Ética que assumiu em novembro de 2014. Segundo Joanilson, “o convite formal foi feito e aceito. Será uma oportunidade para exercer um trabalho que combina com meu perfil e organização”.

Questionado se já tinha conhecimento dos casos investigados e em andamento pela Comissão de Ética, o vereador revelou não ter se inteirado dos processos, mas foi enfático ao afirmar que “enfrentarei com firmeza e rapidez”.

“Ainda não me inteirei, mas assim que tomar posse vou me esforçar para fazer o melhor trabalho e solicitar os documentos necessários”, afirmou, sem querer entrar em detalhes a respeito de casos específicos.


CNJ retira obrigatoriedade do uso de paletó e gravata no Judiciário

Em por Ricardo Rosado
Atualizado em 23 de janeiro às 10:39


O Conselho Nacional de Justiça liberou os 150 mil advogados do Rio do uso de paletó e gravata em todas as  audiências, despachos e sessões realizadas nas instâncias dos tribunais do Estado até o fim do verão.

Acatou o pedido de liminar feito pelo presidente da OAB/RJ, Felipe Santa Cruz.

No ofício, Felipe sustentou que a liberação da vestimenta implantada no início da estação pelos tribunais de Justiça e Regional do Trabalho era de pouca valia para a classe, vez que o terno continuava obrigatório na maior parte da rotina processual – uma tradição europeia não compatível com a realidade dos nossos trópicos.

Deu em Ancelmo Gois

Observação do Fator RRH:

Bem que a OAB/RN poderia imitar o Rio de Janeiro e encaminhar pedido idêntico.

Aqui a decisão poderia ser mesmo o ano inteiro, já que sol é mercadoria permanente por essas bandas.


Hurricane Smith – Don’t let it die

Em por Ricardo Rosado
Atualizado em 23 de janeiro às 10:09