Fotobiografia de Djalma Maranhão será lançada hoje

Em por Ricardo Rosado
Atualizado em 8 de dezembro às 14:42


imagem-08-12-16-as-14-39

A vida e trajetória de um dos políticos mais influentes da história do Rio Grande do Norte está relatada em fotobiografia. Ex-prefeito de Natal, ex-deputado estadual e federal, o jornalista Djalma Maranhão teve sua trajetória contada através do livro “Djalma Maranhão 100 anos: uma fotobiografia”.

A obra foi viabilizada através de convênio da Assembleia Legislativa e Ordem dos Advogados do Brasil, seccional RN, com colaboração de emenda do deputado Fernando Mineiro (PT).

O lançamento ocorre nesta quinta-feira (8), às 18h30, no Salão Nobre do Legislativo Potiguar.

“Em 2015 celebramos os 100 anos de nascimento de um dos mais importantes políticos do Rio Grande do Norte, e nesta quinta-feira no ano dos 101 anos vamos celebrar uma publicação que resgata em fotos a história de Djalma Maranhão”, comemora o deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), presidente da Assembleia Legislativa. Segundo Fernando Mineiro (PT) foram impressos 1 mil exemplares para distribuição gratuita.

Parte será distribuida no lançamento, depois em escolas públicas, instituições e durante a exposição fotográfica com a seleção das fotos que compõem o livro. A produção foi realizada por Adriano de Sousa e Giovanni Sérgio Rêgo.

As fotos são do acervo do sobrinho-neto de Djalma Maranhão, Haroldo Maranhão, arquiteto potiguar. O livro tem mais de 260 páginas e mais de 300 fotos.

“Tem foto de Djalma Maranhão nu quando bebê, fotos da juventude, da militância política, dos encontros com políticos e autoridades da época e percorrer atos de sua gestão”, explica Mineiro.

Fonte e foto: Assessoria


Torneio de Robótica reúne 25 equipes em Natal

Em por Ricardo Rosado
Atualizado em 8 de dezembro às 14:37


Nesta sexta-feira e sábado (9 e 10), 300 alunos do ensino fundamental e médio do Rio Grande do Norte, Pernambuco, Paraíba, Ceará e Distrito Federal, vão apresentar seus projetos para o tema da temporada “Animal Allies” (aliados dos animais).

O Torneio Regional de Robótica FLL, acontece de 8h às 17h, no Sesi Clube (em frente a Ceasa), em Natal.

São 25 equipes, sendo 6 de escolas particulares, 6 de escolas públicas, 1 equipe de garagem e 12 equipes do SESI.

Cada uma apresentará um projeto diferente, abordando desde a superpopulação de animais de rua, passando pelo custo de próteses para animais, maus tratos, uso de animais como cobaias até como animais podem ajudar no tratamento da depressão.

Nos dois dias do Torneio de Robótica, os resultados levantados pelas equipes se transformam no projeto de pesquisa que será apresentado e avaliado durante os dois dias da competição.

Além do projeto, as equipes também serão avaliadas em três categorias: Design de robô, onde a equipe planeja, projeta e constrói o robô com peças LEGO; Core Values, onde são avaliados valores como trabalho em equipe e espírito colaborativo entre os participantes do grupo e o Desafio do Robô, quando os robôs autônomos cumprem missões na mesa da competição em partidas de 2 minutos e 30 segundos.

As etapas regionais do Torneio de Robótica vão acontecer em 11 cidades das cinco regiões do país, envolvendo cerca de 4.200 participantes.

Os classificados de cada região vão disputar a etapa nacional, prevista para acontecer em março de 2017, em Brasília.

Fonte: Assessoria


A nota de Renan Calheiros

Em por Ricardo Rosado
Atualizado em 8 de dezembro às 04:10


Após a decisão do STF, mantendo Renan Calheiros na Presidência do Senado, ele distribuiu a seguinte nota:

“É com humildade que o Senado Federal recebe e aplaude a patriótica decisão do Supremo Tribunal Federal. A confiança na Justiça Brasileira e na separação dos poderes continua inabalada.

O que passou não volta mais. Ultrapassamos, todos nós, Legislativo, Executivo e Judiciário, outra etapa da democracia com equilíbrio, responsabilidade e determinação para conquista de melhores dias para sociedade brasileira.”


STF mantém Renan na Presidência do Senado

Em por Ricardo Rosado
Atualizado em 8 de dezembro às 04:08


Por seis votos a três, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, nesta quarta-feira, manter o senador Renan Calheiros (PMDB-AL) na presidência do Senado Federal, mas tirá-lo da linha sucessória da Presidência da República.

O capítulo final sobre o destino de Renan começou a ser decidido às 14h11, quando a ministra Cármen Lúcia declarou aberta a sessão plenária do STF. Nos bastidores, armava-se uma guinada para manter o peemedebista na presidência do Senado, mas com a ressalva expressa de que, por ser réu em ação penal, não poderia efetivamente suceder o chefe do Executivo.

Na condição de presidente do Senado, o peemedebista Renan Calheiros é hoje o segundo na linha sucessória, atrás do deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ).

O Supremo caminhava para a interpretação de que, em vez de tirar um réu do cargo de presidente do Senado por ter supostamente perdido requisitos necessários para integrar a linha sucessória, tirava-se do cargo uma de suas prerrogativas.

“É uma meia sola constitucional, o famoso jeitinho brasileiro”, protestou o ministro Marco Aurélio Mello, que havia concedido uma liminar para apear Calheiros do cargo de presidente do Senado.

Réu por peculato em uma ação motivada a partir de denúncia de VEJA – ele teve despesas particulares pagas pela empreiteira Mendes Jr – Renan Calheiros ganhou sobrevida no Supremo.

Decano do STF, Celso de Mello apresentou a proposta que salvaria o senador alagoano por volta das 5 horas da tarde. O político pode se manter na presidência do Senado mesmo sendo réu, situação que não foi aplicada, por exemplo, ao peemedebista Eduardo Cunha à frente da Câmara dos Deputados.

A ressalva: se Michel Temer ou Rodrigo Maia não puderem assumir o Palácio do Planalto por qualquer razão, Renan Calheiros também não pode, mas continua como presidente do Senado.

Deu em Veja


Sinduscon doará projeto para duplicação de estrada

Em por Ricardo Rosado
Atualizado em 7 de dezembro às 15:24


Nesta sexta-feira, 09, às 12h30, durante almoço no Ocean Palace, Via Costeira, o Sindicato da Indústria da Construção Civil do RN entregará ao governador Robinson Farias, um moderno projeto de duplicação da BR 313 (Pium – Parnamirim).

A Rota Sul é uma estrada pequena, 14 km apenas, mas muito importante para o turismo porque liga a BR 101 (altura de Parnamirim) às praias do litoral Sul do estado. 

Os turistas oriundos de Alagoas, Recife e João Pessoa, por exemplo, não precisam entrar em Natal para chegar ao litoral Sul. E com o novo acesso sul do Aeroporto Aluízio Alves, a Rota Sul também poderá servir aos seus passageiros que se deslocam para as praias.

Com um moderno conceito de via humanizada, a Rota Sul terá uma ciclovia por toda a sua extensão, duas pistas de mão única iluminadas e com calçadas.

Uma via secundária de 4 km fará a ligação entre a avenida Olavo Montenegro e o bairro de Nova Parnamirim à Rota Sul.

O projeto executivo (pronto para ser viabilizado) foi desenvolvido pela Proxeng, sob a responsabilidade técnica do engenheiro Fernando César e eliminou custos adicionais de desapropriação.

Fonte: Assessoria


Qual é a sua natureza?

Em por Ricardo Rosado
Atualizado em 7 de dezembro às 15:22


no-ar-campanha-2016-04-1


Gilberto Jales é novo Presidente do TCE

Em por Ricardo Rosado
Atualizado em 7 de dezembro às 10:31


jales-eleito-2

O conselheiro Gilberto Jales foi eleito nesta terça-feira (06), em votação realizada durante a sessão do Pleno, para presidir o Tribunal de Contas do Estado (TCE/RN) no biênio 2017/2018. A escolha se deu à unanimidade de votos pelos sete conselheiros presentes.

O conselheiro Tarcísio Costa foi eleito vice-presidente, também por votação unânime.

Após a votação, Jales agradeceu a confiança dos colegas e disse que conta com a colaboração dos demais conselheiros e dos servidores da Corte, assim como toda a sociedade, para dar mais um passo na evolução do Tribunal de Contas e na luta pela cidadania. Ele também destacou os avanços alcançados nas gestões precedentes.

Atual presidente, Carlos Thompson Costa Fernandes afirmou confiar que o seu sucessor dará continuidade ao processo de aprimoramento da instituição e contribuir para o fortalecimento do controle externo.

Durante o processo eleitoral, cujos votos foram depositados em urna e escrutinados pelo procurador de Contas, Thiago Guterres, também foram escolhidos os membros das duas Câmaras de Contas, e seus respectivos presidentes, além do diretor da Escola de Contas, o corregedor e o ouvidor de contas.

A 1ª Câmara de Contas será composta pelos conselheiros Adélia Sales (presidente), Tarcísio Costa e Carlos Thompson Costa Fernandes. Já a 2ª Câmara será composta pelos conselheiros Francisco Potiguar Cavalcanti Júnior (presidente), Renato Dias e Paulo Roberto Alves.

Para a Corregedoria, foi eleito Carlos Thompson. O diretor da Escola de Contas será Paulo Roberto Alves. E a Ouvidoria de Contas será dirigida pelo conselheiro Renato Dias. Houve também o sorteio para composição dos auditores (substitutos de conselheiros) nas Câmaras: Marco Montenegro na 1ª Câmara; Antônio Ed Santana e Ana Paula de Oliveira Gomes na 2ª.

Fonte e foto: Assessoria


AGU vai cobrar dos invasores de escolas as despesas extras do Enem

Em por Ricardo Rosado
Atualizado em 7 de dezembro às 10:15


 

ocupacao_da_escola_anisio_teixeira-_fc_19_0-758x456-jpgqx64310-pagespeed-ce-ndl_ovlcp_

A Advocacia Geral da União (AGU) abriu processo administrativo no âmbito do Inep, órgão do MEC que organiza o Enem, para que sejam calculados e comprovados os custos da nova aplicação do exame, neste último fim de semana, estimados em mais de R$10 milhões.

A AGU pretende “individualizar as condutas” e cobrar esse custo das entidades estudantis que patrocinaram as invasões às escolas.

Deu no Diário do Poder


MP/RN apura desvio de recursos em São José de Campestre

Em por Ricardo Rosado
Atualizado em 7 de dezembro às 08:25


O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), através da Promotoria de Justiça de São José do Campestre e do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO), com o apoio da Polícia Militar, deflagrou, na manhã desta quarta-feira (7), a Operação Démodé, destinada a apurar um esquema de desvio de recursos públicos instalado na Prefeitura Municipal de São José de Campestre, no período de 2010 a 2012, através da contratação da empresa NK Construções para execução de obras no referido Município.

Segundo apurado, a empresa NK Construções, gerida por José Josenildo da Silva e Erivalda Maria da Silva, funciona no próprio endereço residencial deles e, apesar de ter vencido quase todas as licitações, durante o referido período, para execução de obras em São José do Campestre, não tinha registro de empregados contratados até julho de 2012, tendo registrado apenas seis empregados no mês de dezembro desse mesmo ano.

Ademais, no curso da investigação, foram requisitadas ao então prefeito, José Borges Segundo, as cópias integrais de todos os processos de contratação da referida empresa, durante o mencionado período, todavia, tal documentação nunca fora apresentada.

Há, portanto, fortes indícios de que José Josenildo da Silva e Erivalda Maria da Silva criaram a pessoa jurídica Nk Construções (Erivalda Maria da Silva Comercio e Serviços em Construções) com o objetivo único de desviar recursos públicos do erário municipal, causando um prejuízo de mais de R$ 600 mil.

Participam da operação três Promotores de Justiça e oito policiais Militares, para cumprimento de dois mandados de busca e apreensão e dois mandados de condução coercitiva, expedidos pelo juiz da Comarca de São José do Campestre.

Fonte: Assessoria


No lugar errado e na hora errada

Em por Ricardo Rosado
Atualizado em 7 de dezembro às 08:22


63186855_pa-sao-paulosp06-12-2016premio-os-brasileiros-do-ano-2016-da-revista-isto-ena-fotoNo lugar errado, na hora errada.

O Juiz Sérgio Moro, o homem da Lava Jato, agora é uma “quase unanimidade”.

Após esta foto, em evento realizado ontem.