Multidão se despede de Gil, potiguar vítima da tragédia com a Chapecoense

Em por Javu Silva - CREF 003285-G/RN
Atualizado em 5 de dezembro às 09:03


Meio-campo tinha 29 anos e deixa mulher e duas filhas, de cinco e três anos

Por: Redação

De acordo com a Polícia Militar, cerca de 10 mil pessoas se despediram de Gil (Foto: Reprodução/YouTube/Portal Nova Cruz)
De acordo com a Polícia Militar, cerca de 10 mil pessoas se despediram de Gil (Foto: Reprodução/YouTube/Portal Nova Cruz)

Foi sepultado na noite desse domingo (4) o corpo do meio-campo da Chapecoense, Gil, potiguar de 29 anos, vítima do desastre aéreo com o time do interior catarinense, na Colômbia. O enterro ocorreu em Nova Cruz, no Agreste Potiguar, onde mora a família do atleta.

De acordo com a Polícia Militar, cerca de 10 mil pessoas se despediram de Gil. Antes de ser sepultado, no Cemitério Nossa Senhora da Conceição, houve um velório restrito à família, na casa dos pais do atleta, e outro momento aberto à multidão, no Ginásio Municipal Giovanna de Azevedo Targino.

José Gildeixon Clemente de Paiva, o Gil, deixa mulher e duas filhas, de cinco e três anos. Embora seja potiguar, ele nunca atuou no futebol profissional do Rio Grande do Norte.

5Fitness – Confira também esse e outros assuntos em nossas redes sociais: Instagram e Twitter: @javusilva ou pelo telefone: (+55084) 9.9833.3231 (Tim / WhatsApp) e 9.8835.3331 (Oi). Mande suas duvidas e sugestões em nosso e-mail: javusier@yahoo.com.br e javusier@gmail.com


Comentários

Deixar uma Resposta