Mudança

Em por Carlos Magno
Atualizado em 21 de fevereiro às 12:37


mudanca
Mudar nunca me colocou medo. Nem mudança física, nem geográfica nem aquelas da personalidade. Mudanças sempre são boas, mesmo as ruins são boas, acreditem!
A cada mudança a gente descobre que o mais divertido é o processo, aquele caminho cheio de pequenos prazeres que vão sinalizando a viagem com comidas, cheiros, fotos, cores, filmes e amores. (mais…)


Jorginho

Em por Carlos Magno
Atualizado em 21 de janeiro às 15:46


jorginho
Ahhh, este Jorginho!!!
Jorginho passou a última quinzena do mês de Dezembro postando coisas fofinhas e pregando mudanças.
Disse que este ano seria diferente e que o mundo precisava de mais amor e compreensão.
Lá se vai mais uma postagem do Jorginho com uma foto desfocada de Jesus e algumas crianças de várias raças para mostrar que todos somos iguais.
Espera ai!?!? Estou vendo coisas ou o Jorginho acabou de falar que está indignado com a morte do traficante na Indonésia? Há 15 minutos ele não era à favor da pena de morte? (mais…)


Não é do meu tempo

Em por Carlos Magno
Atualizado em 29 de dezembro às 15:35


meutempo
Quando era moleque sempre “colei” em pessoas mais velhas pra aprender mais.

Achava interessante saber como pensavam aqueles que não tinham a minha idade e ao mesmo tempo usava isso para criar um diferencial no meu modo de ver o mundo.
Esta semana conheci um “moleque” que dá gosto conversar e ver a quantidade de informação que alguém com menos idade e vontade de conhecer as coisas pode acumular.
Em nenhum momento ouvi  “Não é do meu tempo” ou “Isso ainda existe?”.
Só pela ausência dessas frases a conversa já segue um caminho mais agradável.

O “Não é do meu tempo” é uma agressão das mais hediondas aos que tentam mostrar alguma coisa que foi importante na sua “timeline” da vida real.
Estou ficando velho. Fato.
A cada vez que tento mostrar uma música que gosto, um filme interessante ou livro que me influenciou… escuto mais e mais “Não é do meu tempo”.

É como se eu ficasse feliz com alguma coisa, pegasse a pessoa pelo braço e sacudisse dizendo:
– Olha isso. É massa. Fez parte da minha história!
E do outro lado alguém ironiza e repete um “Não é do meu tempo” se agarrando numa zona de conforto do seu mundo exclusivamente atual.

Não sou da época de Led Zeppelin, Beatles ou John Lee Hooker.
Não sou contemporâneo de Hendrix nem Bob Marley.
Juro minha mãe mortinha que não vi Charles Chaplin no cinema…nem tão pouco o Gordo e o Magro.
Mas uma coisa é certa: A cada vez que alguém me mostrava isso no meu tempo de “moleque” eu achava LINDO!
Eu sabia que de alguma forma a pessoa que me contava sobre aquela “novidade”, aquela “dica” estava me incluindo no seu mundo particular.
Hoje eu tenho orgulho disso. Eu nunca fui dos que dizem “Não é do meu tempo”.

Eu citei casos de música, cinema e livros, mas o problema é vasto.
Eu vejo pessoas rindo quando digo que usei MS-DOS e o “Não é do meu tempo” impede que elas vejam que elas ainda hoje usam similares, mas com uma cara bonita pra não assustar os moderninhos. O MS-DOS está lá… escondidinho no seu computador rindo do seu “”Não é do meu tempo”!
O Linux está se acabando de rir com os “Não é do meu tempo” dos que usam IOS e Android.

Não entendo prazer em dizer “Não é do meu tempo” e assinar uma sentença de não saber e não querer se informar.
E alguns anos o seu tempo não vai significar nada pra ninguém. Que triste!

Eu não conheci Jesus, Hitler, Maomé, Einstein nem Buda.
Eu não preciso dizer “Não é do meu tempo”, para que se saiba disso, certo?

É! Eu tô velho!
Outro dia vi pessoas divagando sobre viagens no tempo…
Acho que isso pra mim sempre foi uma coisa normal:
Viajar no tempo é coisa do meu tempo!

A Foto

Em por Carlos Magno
Atualizado em 23 de dezembro às 18:49


afoto

Ela é preta
Da cor de Hermeto
Ele é branco
Igual a Cartola
É mistura cega de amor desbotado
Filme queimado, o mofo da lente e o flash estourado.

É amizade colorida revelada
É reflexo desfocado do que foi retratado
É o negativo positivo do abraço apertado
É o click exato na retina tatuado

Uma pose simples
Uma luz fácil
É só uma foto. Um instante momento.
Basta um click… E fica tudo eternizado.


Presentes

Em por Carlos Magno
Atualizado em 8 de dezembro às 22:37


presentws

Querido Papai Noel.
Depois de 40 anos tentando ganhar alguma coisa do senhor e só receber contas, decidi mudar o foco dos pedidos e ver se rola uma compreensão de sua parte, seu galado!
Este ano vou pedir presentinhos para meus amigos do Facebook.
Depois mando a lista “do que você entrega para quem” Inbox, ok?

A primeira remessa de presentes pode ser comprada toda na Saraiva ou na Nobel (Não sei onde você tem convênio). Você que escolhe!
São 325 gramáticas da língua portuguesa e a mesma quantidade de dicionários. (Este presentinho vai sem um combo). (mais…)


Bíblia

Em por Carlos Magno
Atualizado em 5 de dezembro às 18:34


biblia
Religião é uma coisa perigosa.
Perigoso, SIM, assim como uma colher de plástico na mão de um assassino, ou um fósforo no bolso de um piromaníaco.
Qualquer coisa é perigosa e mortal na mão de idiotas. Até mesmo água mata se não for usada moderadamente.
Não é de hoje que uma horda de idiotas (sim, idiotas) se agarram à Bíblia para falar de homossexuais, posição da mulher na sociedade, família e até mesmo de política se baseando num livro que foi escrito há séculos.

Gente!
Não dá para levar á sério um livro que diz:
Porém a mão do Senhor se agravou sobre os de Asdode, e os assolou; e os feriu com hemorróidas, em Asdode e nos seus termos. (Samuel 5:6)
Hemorróidas é golpe baixo!

Vamos a uma análise fria dos textos contidos lá.
Um bando de idiotas grita aos 4 ventos o texto contido no Levítico 18:22 que diz:
“Com homem não te deitarás, como se fosse mulher; abominação é;”
Mas ninguém fala de Jonatas e David, que segundo Samuel 1:26 diziam abertamente no mesmo livro o amor que sentiam um pelo outro:
“Angustiado estou por ti, meu irmão Jonatas; quão amabilíssimo me eras! Mais maravilhoso me era o teu amor do que o amor das mulheres.”

Mas é claro que só se lê na Bíblia o que nos convém, certo?
Neste mesmo maravilhoso livro é permitido vender seus filhos como é dito em Exodus 21:7 e 8.
“E se um homem vender sua filha para ser serva, ela não sairá como saem os servos.”
“Se ela não agradar ao seu senhor, e ele não se desposar com ela, fará que se resgate; não poderá vendê-la a um povo estranho, agindo deslealmente com ela”

Ou seja: Vender tá de boa, mas só se não for para estranhos, certo? Ai tá liberado!

Será que os mesmos leitores que apontam o dedo aos gays vendem seus filhos?
Será o mesmo livro?

E se você trabalha aos Sábados (mesmo que tenha sido uma vez), tenho uma péssima notícia para você: Precisamos te sacrificar, ok?
Tá lá no Exodus 35:2 tudo explicadinho:
“Em seis dias qual­quer trabalho poderá ser feito, mas o sétimo dia lhes será santo, um sábado de descanso consa­grado ao Senhor. Todo aquele que trabalhar nesse dia terá que ser morto.”.
Cara, sua batata está assando!

Esse negócio de “Gourmet” também está com seus dias contados.
Cuidado com o que você come, porque se aquela linguiça deliciosa passar pela sua boca, “perdeu, playboy”! Você está impuro e deve ser sacrificado.

Uma infinidade de aves também estão condenadas, além de insetos e até o coitado do morcego que foi listado na lista de animais “impuros” na mesma linha das aves. (Essa pegou mal, galera da revisão).

Mas o Levítico 19:19 é a Pegadinha do Malandro onde TODOS nós vamos diretinho para o colo do Chifrudo.
“Guardareis os meus estatutos. Não permitirás que se cruze o teu gado com o de espécie diversa; não semearás o teu campo com semente diversa; nem vestirás roupa tecida de materiais diversos.”
se não entendeu eu explico: Se você plantar coisas diferentes na sua terra ou usar roupas com dois tecidos… Fodeu-se!
Acho que só nessa 99,9% da humanidade precisa ser sacrificada.
Que besteira é esta de diversificação de culturas, né?
Por que pensar em matar a fome quando na verdade só temos que obedecer a um livro com séculos de atraso.

Nestas eleições ouvi MUITA gente chamando quem se preocupava com os mais pobres de “comunista” numa tentativa de ofender, e na mesma frase dizia a palavra “Jesus” como forma de apoio aos seus pensamentos.
Jesus deve ter sido o camarada mais comunista da humanidade, e se estivesse vivo hoje estaria morrendo de vergonha alheia.

Antes de clamar por trechos da bíblia que condenam os outros, leia primeiro os que você sabe onde já foi julgado.
Acredito que religião é algo individual e intransferível.
É aquela coisa que quem tem se encontra nela e não precisa sair gritando.
Da próxima vez, antes de sair postando frases da Bíblia, leia ela toda.
O Mein Kampf também começa com belíssimas frases.

Este texto foi inspirado num trecho de um episódio da série “The West Wing” num vídeo postado por um amigo.


As frases mais famosas de Charles Chaplin

Em por Carlos Magno
Atualizado em 4 de dezembro às 15:57


chaplin

frases


A loja

Em por Carlos Magno
Atualizado em 26 de novembro às 21:35


LOJA
Quando eu entrei me senti observado.
Todas elas me olharam e senti o peso do mundo nas costas por pelo visto não estar no local adequado na hora oportuna. (mais…)


Mulher Perfeita

Em por Carlos Magno
Atualizado em 24 de novembro às 22:45


PERFEITA
Sabe aquela mulher que está sempre ao seu lado?
Que está presente em todos os momentos e interage em todos os aspectos da sua vida? (mais…)


Humor do Cão

Em por Carlos Magno
Atualizado em 13 de novembro às 23:28


HUMOR
Aquele flanelinha chato.
hoje não me incomoda.
A topada com dedinho na quina da parede é sensacional.

Olha que bonito o vizinho.
Que todo dia me acorda.
Até aquele filho da puta hoje parece legal.

Aquela coca-cola quente.
Hoje parece gostosa.
Até o gato cego da rua parece me ver.
O menino catarrento com vermes descalço na rua…
Me lembra você!

Tudo tem seu lado bom.
Quando você tá chegando.
A gente canta no mesmo tom.
Saudade apertando.

Corre logo pra cá.
Aproveita e traz pão.
Mas vem bem devagar.
Que saudade é bom.

Que gostoso é pisar em Lego.
Indo de ônibus pro Alecrim.
Aquele cara armado é bem perigoso.
Mas hoje eu não tô tem ai!

Ai que tiro bom.
Ai que tiro gostoso.
Motorista, eu desço na próxima.
Tô precisando de transfusão.
Mas hoje nada me abala o dia… é coisa do coração!